siga por e-mail

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

- Eu nunca gosto de nada, e gostei tanto de você. - É? - Droga. - O quê? - Eu falando de gostar. - E daí? - E daí que vai acontecer tudo de novo. - O quê? - Vou sentir demais, falar demais, escrever demais. E você vai embora. ~ Tati Bernardi

Nenhum comentário:

Postar um comentário