siga por e-mail

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Ele: Eu te amo.


  • Ela: Para.
  • Ele: Eu te amo.
  • Ela: Para.
  • Ele: Mas eu te amo mesmo.
  • Ela: Mas eu tenho que continuar brava contigo.
  • Ele: Então tá, não te amo.
  • Ela: Hein? Como assim não me ama? Eu te amo muito.
  • Ele: Ué, a raiva passou?
  • Ela: Agora eu tô com medo. Fala que me ama.
  • Ele: Não.
  • Ela: Você não me ama mesmo, então?
  • Ele: Não.
  • Ela: Mas como? Você dizia me amar segundos atrás.
  • Ele: Estranho né?
  • Ela: Some da minha vida.
  • Ele: Ai como você é boba, amor.
  • Ela: Olha... Eu não to entendendo nada. O que foi agora? Vai dizer que meu sorriso é feio também?
  • Ele: Ele é lindo.
  • Ela: Não é não.
  • Ele: É sim.
  • Ela: Porque você tá dizendo isso?
  • Ele: Porque eu te amo.
  • Ela: Mas....
  • Ele: Quieta.
  • Ela: Idiota.
  • Ele: Eu te amo.
  • Ela: Para.

Nenhum comentário:

Postar um comentário